Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon
Navegar para Cima

Senado pergunta aos brasileiros opinião sobre limitar a internet banda larga

Por :

31/05/2016 00:00 Demarest News

shutterstock_291503591.jpg


Senado pergunta aos brasileiros opinião sobre limitar a internet banda larga

Após  anúncio que empresas poderiam efetivar planos de franquia que bloqueiem a sua internet após consumir um determinado número de dados, o Senado Federal publicou uma enquete para saber a opinião dos internautas sobre o tema.
 
A enquete está disponível até 15/6 e qualquer pessoa pode dizer se é a favor ou contra a limitação do consumo de dados na internet banda Larga. Para participar, acesse este link.
 
A discussão foi motivada pelos projetos de Lei Suplementar 174 e 176 de 2016, que preevem a proibição de interrupção ou diminuição da velocidade nos serviços de internet.
 
A demanda também surgiu pelo portal E-Cidadania. 
 
Qualidade dos serviços
 
Além de opinar sobre a franquia de banda larga, você pode opinar sobre quem, de fato, será beneficiado com uma possível limitação dos dados.
 
A qualidade vai piorar ou melhorar? E o lucro das empresas? Teremos mais gastos com a internet?
 
Marco Civil da Internet
 
Outro tópico refere-se especificamente ao Marco Civil da Internet, lei que traça princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet do Brasil.
 
O Senado quer saber se uma limitação estaria ou não de acordo com os princípios expostos no Marco Civil. Não sabe direito o que é o Marco Civil? Entenda aqui.
 
Bloqueio de Whatsapp e similares
 
Aplicativos como o Whatsapp estão sendo alvos de decisões judiciais. O Whatsapp, por exemplo, já foi bloqueado duas vezes no Brasil por não colaborar com a justiça brasileira.
 
Esse tipo de bloqueio também é questionado pela enquete: você seria favorável ou contra um bloqueio desse tipo?
Fonte: IDEC​

Publicações Relacionadas

Cadastre-se para receber a newsletter

Skip Navigation Linksdemarestnews-senado-pergunta-brasileiros-opiniao-sobre-limitar-internet-banda-larga