A extensão da imunidade das receitas de exportação à contribuição ao Senar

O presente artigo trata da necessidade de posicionamento pelo STF sobre a não incidência da contribuição ao Senar de 0,25% sobre as receitas oriundas de exportações diretas (em que pese reconhecermos a existência da discussão quanto às exportações indiretas, assunto que deixaremos para um próximo artigo).

Download 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS