Atuação preventiva ganha importância com multas mais altas previstas na MP do contrato verde e amarelo

A medida provisória que altera regras da legislação trabalhista e cria o contrato verde e amarelo para jovens trabalhadores também eleva a importância de que empresas atuem de forma preventiva, revendo rotinas internas, para evitar multas que agora podem ter valor muito mais alto, alerta o advogado Renato Canizares.

Download 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS