Demarest anuncia Tomás Filipe Schoeller Paiva como sócio de Telecomunicações, Mídia e Tecnologia

Advogado com experiência em regulação de novas tecnologias e telecomunicações reforça equipe do escritório

O Demarest, um dos escritórios de advocacia mais respeitados do Brasil e da América Latina, anuncia a chegada de Tomás Filipe Schoeller Paiva como novo sócio da área de infraestrutura, com foco no setor de TMT (Telecomunicações, Mídia e Tecnologia), para integrar sua equipe a partir de hoje.

Doutor em Direito Constitucional pela Universidade de São Paulo e pela Universidade Paris 1 – Panthéon-Sorbonne, é também mestre em Direito Constitucional pela Universidade de Lisboa, com graduação em Direito pela UniCEUB – Centro Universitário de Brasília.

Tomás tem 16 anos de experiência na área de regulação de telecomunicações, novas tecnologias e mídia, e atua em projetos de expansão de conectividade, distribuição de conteúdo audiovisual por diferentes tecnologias, combate das fake news e pirataria, entre outros. Atualmente também desenvolve atividades na ABDTIC (Associação Brasileira de Direito da Tecnologia da Informação e das Comunicações), entidade voltada ao estudo jurídico, como um dos coordenadores da Comissão de Direito Digital – TICS, Internet e Mobile.

O setor de infraestrutura tem potencial para crescer muito no Brasil, atrair ainda mais investimentos e ter impacto positivo na economia. A contratação de Tomás reforça o compromisso em oferecer aos nossos clientes um serviço de alta qualidade com foco na área de telecomunicações e tecnologias disruptivas, que se expandem em ritmo acelerado e contribuem não só para o desenvolvimento estratégico do país, mas também social, com aumento da conectividade e inclusão digital”, diz Paulo Coelho da Rocha, Managing Partner do escritório.

Tomás atuou em casos de destaque na área, prestando assessoria na parte regulatória brasileira na operação envolvendo a compra do conglomerado de mídia WarnerMedia pela gigante americana AT&T e na aquisição da Vrio (controladora da SKY e da DirecTVGo) pelo grupo de investimentos argentino Werthein.

Também defendeu dois grandes grupos de mídia em disputas regulatórias na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e na Ancine (Agência Nacional do Cinema) sobre o enquadramento de streaming audiovisual no país. Assessorou ainda clientes no processo de liberação da faixa de 6 gigahertz (GHz) para implementação no Brasil da tecnologia Wi-Fi 6E (como é conhecida a evolução da rede fixa de acesso sem fio).

“Juntar forças com um time do porte e da estrutura do Demarest permite oferecer uma assessoria holística aos clientes do segmento de TMT, em um momento de mudanças de paradigma do setor, com foco na expansão da conectividade por meio de diferentes tecnologias (fibra ótica, radiofrequência, radiação restrita e satélite) e no desenvolvimento de serviços (over the top, OTT) sobre as redes de telecomunicações, como os que operam na camada de aplicações da internet”, diz o novo sócio.