IRPF: Declaração atrasada gera multa e demora na restituição; veja outras sanções

Com a ampliação do prazo para entrega do Imposto de Renda (IR) para o próximo dia 31 de maio, a Receita Federal deu mais uma chance para os contribuintes entregarem suas declarações em dia e evitar as sanções a que ficam sujeitos em caso de atraso.

Download 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS