‘Isso não pode ser feito por meio de uma canetada’

Empresas e especialistas do setor elétrico reagiram ontem com críticas e preocupação à possibilidade que o Congresso Nacional venha aprovar uma medida que adie para 2023 reajustes na conta de luz aprovados para vigorar este ano. Eles chamaram atenção para os riscos ao setor de uma alteração desse tipo e para o dano à segurança jurídica.

Download 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS