Sócio

Fernando Benjamin Bueno

Últimas Notícias

Sócio da área de Comércio Internacional e Relações Governamentais do Demarest, Fernando Benjamin Bueno é bacharel e pós-graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e especializou-se nas áreas de Comércio Internacional e Relações Governamentais pelo programa “Mastering in Trade Policy”, da Harvard Kennedy School (EUA) e Academy of WTO Law & Policy, pela Georgetown’s Institute of International Economic Law (EUA). Possui forte atuação na representação de indústrias em investigações de medidas de defesa comercial, negociações de acordos de livre comércio, negociações sobre barreiras (técnica, sanitária entre outras) ao comércio internacional e outros assuntos de política comercial relacionados à Organização Mundial do Comércio (OMC) e outras entidades internacionais. Fernando tem passagem pela Embaixada do Brasil em Washington (EUA) e Missão Brasileira junto à OMC em Genebra (Suiça). Fernando é membro e coordenador do Comite de Comércio Internacional do Instituto Brasileiro de Estudos de Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (IBRAC) e membro do Comite de Comércio Internacional da International Chamber of Commerce (ICC).

Assessorou ArcelorMittal, Gerdau e CSN nas investigações antidumping e subsídios sobre as importações brasileiras de aços laminados a quente originários da China e da Rússia.
Assessorou USIMINAS em diversos casos de defesa comercial (antidumping e subsídios) iniciadas pelos Estados Unidos e União Europeia dirigidas às exportações da USIMINAS para esses países.
Assessorou Rhodia/Solvay em investigações antidumping de ésteres acéticos, ácido adípico e fios de poliéster.
Assessorou a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP), em investigações antidumping e revisões antidumping sobre as importações de pneus de automóvel, ônibus, carga, agrícolas e motocicleta.
Assessorou o Grupo McCain na investigação antidumping sobre as importações brasileiras de batatas fritas congeladas.

Pós-graduação em Direito Tributário pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, Brasil (2005)
Bacharelado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, Brasil (2003)

Membro da Federação de Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP)
Membro do Instituto Brasileiro de Estudos, Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (IBRAC)
Membro do Instituto dos Analistas Brasileiros de Comércio Internacional (ABCI)
Membro do Comitê da International Chamber of Commerce – Commission on Trade and Investment Policy (ICC)
Membro do Conselho do Instituto de Relações Governamentais (IRelGov)

Autor do artigo Desafios para Regulamentação do Comércio Digital Internacional, Revista de Direito do Comércio Internacional, Enlaw, nº 31, 2020.
Autor do capítulo sobre prática de Defesa Comercial e OMC do livro International Trade Law Review, The Law Reviews, 4º e 5º edições, 2018 e 2019.

Português e Inglês

Sócio da área de Comércio Internacional e Relações Governamentais do Demarest, Fernando Benjamin Bueno é bacharel e pós-graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e especializou-se nas áreas de Comércio Internacional e Relações Governamentais pelo programa “Mastering in Trade Policy”, da Harvard Kennedy School (EUA) e Academy of WTO Law & Policy, pela Georgetown’s Institute of International Economic Law (EUA). Possui forte atuação na representação de indústrias em investigações de medidas de defesa comercial, negociações de acordos de livre comércio, negociações sobre barreiras (técnica, sanitária entre outras) ao comércio internacional e outros assuntos de política comercial relacionados à Organização Mundial do Comércio (OMC) e outras entidades internacionais. Fernando tem passagem pela Embaixada do Brasil em Washington (EUA) e Missão Brasileira junto à OMC em Genebra (Suiça). Fernando é membro e coordenador do Comite de Comércio Internacional do Instituto Brasileiro de Estudos de Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (IBRAC) e membro do Comite de Comércio Internacional da International Chamber of Commerce (ICC).

Assessorou ArcelorMittal, Gerdau e CSN nas investigações antidumping e subsídios sobre as importações brasileiras de aços laminados a quente originários da China e da Rússia.
Assessorou USIMINAS em diversos casos de defesa comercial (antidumping e subsídios) iniciadas pelos Estados Unidos e União Europeia dirigidas às exportações da USIMINAS para esses países.
Assessorou Rhodia/Solvay em investigações antidumping de ésteres acéticos, ácido adípico e fios de poliéster.
Assessorou a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP), em investigações antidumping e revisões antidumping sobre as importações de pneus de automóvel, ônibus, carga, agrícolas e motocicleta.
Assessorou o Grupo McCain na investigação antidumping sobre as importações brasileiras de batatas fritas congeladas.

Pós-graduação em Direito Tributário pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, Brasil (2005)
Bacharelado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, Brasil (2003)

Membro da Federação de Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP)
Membro do Instituto Brasileiro de Estudos, Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (IBRAC)
Membro do Instituto dos Analistas Brasileiros de Comércio Internacional (ABCI)
Membro do Comitê da International Chamber of Commerce – Commission on Trade and Investment Policy (ICC)
Membro do Conselho do Instituto de Relações Governamentais (IRelGov)

Autor do artigo Desafios para Regulamentação do Comércio Digital Internacional, Revista de Direito do Comércio Internacional, Enlaw, nº 31, 2020.
Autor do capítulo sobre prática de Defesa Comercial e OMC do livro International Trade Law Review, The Law Reviews, 4º e 5º edições, 2018 e 2019.

Português e Inglês