Acordo mais rápido com UE é alvo de dúvida

O acionamento de uma “cláusula de vigência bilateral” para acelerar a implementação do acordo de livre-comércio União Europeia-Mercosul levanta fortes dúvidas no setor privado brasileiro. A decisão do bloco sul-americano, que será anunciada hoje, parece feita sob medida para blindar o tratado contra um eventual revés protecionista da Argentina, em em caso de vitória do kirchnerismo nas eleições presidenciais de outubro.

Download