Alvo de grandes elétricas, comercialização de energia “varejista” tem ajuda com MP

O segmento “varejista” de comercialização de energia do Brasil, no qual buscam crescer gigantes do setor como AES Tietê, Cemig, CPFL, EDP, Engie e Neoenergia, deverá ganhar algum impulso a partir de medida provisória publicada pelo governo na quarta-feira, disseram especialistas à Reuters.

Download 

 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS