Com pandemia, União suaviza cobrança de R$ 300 bi em dívidas

A União suspendeu, renegociou ou adiou a cobrança de parcelas no ano passado de quase R$ 300 bilhões em dívidas que têm a receber de empresas e pessoas físicas.

Download 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS