Demarest anuncia nova sócia em Brasília para atuar junto aos tribunais superiores

A contratação reforça o planejamento estratégico do escritório

A advogada Angela Cignachi Baeta Neves vai reforçar a equipe do Demarest, um dos escritórios de advocacia mais respeitados do Brasil e da América Latina, como nova sócia em Brasília, para atuar principalmente junto aos tribunais superiores.

Mestre em Função Social do Direito pela FADISP/UNIALFA (Centro Universitário Alves Faria), Angela é pós-graduada em Direito Eleitoral pela PUC-MG (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais) e formada em Direito pela UniCEUB (Centro Universitário de Brasília).

Com 19 anos de experiência em Brasília, a profissional vai se dedicar às áreas tributária e contencioso cível, principalmente em processos em tramitação no STJ (Superior Tribunal de Justiça) e no STF (Supremo Tribunal Federal). A nova sócia exercerá ainda o papel de responsável pelo escritório na capital federal.

 “A chegada de Angela, com especialidade em atuar em tribunais superiores, reforça nosso planejamento estratégico, baseado em critérios técnicos de excelência na prestação de serviços jurídicos, e fortalece a nossa atuação em Brasília, o que é primordial para atender às necessidades de nossos clientes”, afirma Paulo Coelho da Rocha, Managing Partner do escritório.

Por duas vezes, Angela foi a advogada mais votada para integrar a lista tríplice para o cargo de ministra substituta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). No ano passado, pela primeira vez na história, a lista de indicações foi formada somente por mulheres.

A advogada é ainda vice-presidente do Ibrade (Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral) desde 2017 e integra a Comissão Especial de Direito Eleitoral do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

 “O desafio de entrar em um escritório de primeira linha como o Demarest traz a oportunidade para trabalhar em causas desafiadoras, principalmente por estarmos vivenciando um setor em constante transformação”, diz Angela. “Além disso, ingressar em um ambiente que favorece e tem o compromisso de ampliar a liderança feminina no segmento jurídico é outro fator que motivou a minha decisão de me juntar à equipe do escritório em Brasília.”

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS