STJ nega uso de reclamação contra decisões divergentes de tribunais

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) barrou praticamente a única estratégia existente na legislação para corrigir decisões de instâncias inferiores contrárias a entendimentos consolidados pelos ministros nos julgamentos de recursos repetitivos – que valem para processos similares.

Download 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS