Agenda tributária de 2019

A implementação do plano econômico do novo governo tem como espinha dorsal as reformas tributária e da previdência. Do ponto de vista fiscal, existe um debate bastante intenso no que diz respeito à simplificação dos tributos incidentes sobre o consumo, bem como quanto à tributação dos dividendos distribuídos aos sócios de pessoas jurídicas, com a promessa de que, nesta última situação, para não aumentar a carga tributária, seriam reduzidos o imposto de renda e a contribuição social sobre o lucro devidos pelas empresas.

Download