Governo de SP busca valorizar aeroportos e viabilizar concessão

O plano do governo paulista para privatizar 21 aeroportos regionais dependerá de ações para dar mais valor aos ativos, segundo Antônio Claret de Oliveira, diretor superintendente do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp). A meta, diz ele, é que os leilões sejam realizados até fevereiro de 2020 – projeção considerada pouco provável por analistas.

Download

 

ÁREAS RELACIONADASADVOGADOS RELACIONADOS