Informe ESG | Rio +30 Cidades – Prefeitura do Rio de Janeiro lança conferência sobre desenvolvimento urbano sustentável e inclusivo

A Prefeitura do Rio de Janeiro lançou, no final de março, a conferência Rio +30 Cidades, a qual será realizada entre os dias 17 e 19 de outubro de 2022. A previsão é que a Rio +30 Cidades trate do desenvolvimento econômico a partir das óticas ambientais e sociais, visando consolidar a agenda em prol da natureza e da sociedade, em especial para a mitigação de impactos decorrentes da desigualdade social. Desta forma, percebe-se, inclusive, a integração de temáticas do “E” e do “S”, discutidos na atualidade por diversos setores no âmbito do ESG (Environmental, Social and Governance, na sigla em inglês). Para maiores informações sobre a conferência, leia a seguir.

O evento marcará 30 anos da realização da Conferência Rio 92, a qual ocorreu de 3 a 14 de junho de 1992 e consolidou o primeiro evento das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, contando com a participação de delegações de 175 países, além de representantes de movimentos sociais, da sociedade civil e da iniciativa privada.

A Rio 92 foi realizada com o objetivo de propor, entre os países participantes, um modelo de desenvolvimento econômico alinhado com a proteção da biodiversidade e o uso sustentável de recursos naturais, de forma também a endereçar problemas crescentes relativos à emissão de gases causadores de efeitos estufa.

A Conferência Rio 92 representou um relevante marco para o direito ambiental, e consolidou diversos instrumentos jurídicos de direito internacional, bem como princípios guiadores para a matéria, tais como a Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Convenção sobre Diversidade Biológica e a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, entre outros.

De forma a continuar e avaliar as atualizações nas discussões globais sobre o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável, a Conferência Rio +30 Cidades será sediada com o intuito de abordar temas relacionados ao desenvolvimento urbano sustentável e inclusivo, com o foco em discutir o futuro dos municípios participantes na evolução sobre tais temas, inclusive para o desenvolvimento de políticas públicas.

A Rio +30 Cidades possui apoio da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), da Columbia Global Centers, da Fundação Konrad Adenauer, da Resilient Cities Network, da União de Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI), do Pacto de Milão, da rede C40, entre outras instituições.

A Rio +30 Cidades receberá o 8º Fórum Global do Pacto de Milão, no qual serão abordadas políticas locais para o aumento de segurança alimentar, iniciativa que possui apoio de municípios brasileiros, governos locais internacionais, organizações internacionais, membros da sociedade civil e redes de cidades tais como a União das Cidades Capitais Iberoamericanas (UCCI).

As equipes de ESG e Ambiental do Demarest estão à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários.